domingo, 14 de junho de 2009

Fonte de Neptuno no Palácio de Queluz

O rei D. Fernando II mandou transferir várias esculturas e tanques de Queluz para os Palácios de Belém e das Necessidades no séc XIX .Pergunto-me se será por isso que no Jardim Botânico Tropical em Belém e na Tapada das Necessidades se encontram esculturas de mármore de óptima qualidade.
No séc XX por volta dos anos 40 é colocada no jardim a fonte de Neptuno, vinda da Quinta do Senhor da Serra.

A verdade é que sempre achei que a fonte não fazia sentido no jardim formal naquela parte do jardim. Que faria o rei dos mares rodeado pelas estações do ano?
As senhoras sentadas à volta da balaustrada da fonte, com bandejas de chumbo que poderão representar?
Farão parte da fonte original? Então antes da vinda do Neptuno de Belas qual a estátua que estaria no centro deste tanque? Ou existiria tanque naquele eixo do jardim formal...
A estátua de Neptuno, está danificada pois não tem pescoço.A cabeça está implantada no tronco da estátua dando-lhe um ar atarracado e nada elegante.



Penso que isso se deve a um mau restuaro.


A estátua quando foi pensada para o tanque, as folhas da base sairíam do nível da água e não a 40cm desta. Assim a estátua ao invés de surgir da água, mostra uma feia base que não se deveria ver.



O desaparecimento das bandejas (e da mão) da estátua de uma "ninfa" prejudica a visão global da obra e dá um ar de abandono a esta parte do jardim formal.

3 comentários:

  1. Já lá foste depois da reabertura?

    ResponderEliminar
  2. Ainda não, estava à espera de companhia.Mas estou com muita vontade de lá ir,verificar.

    ResponderEliminar
  3. Boa tarde. Achei as suas observações muito pertinentes. Tem alguma informação sobre as esculturas que foram transferidas do palácio de Queluz? Cumprimentos

    ResponderEliminar